Foto: IStock

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, nesta quarta-feira (20/07), mais dois casos da varíola causada pelo vírus monkeypox. Com isso, o Estado de Pernambuco totaliza nove notificações, sendo três casos confirmados da doença e outros seis, que ainda estão em investigação. Todos os três pacientes com confirmação laboratorial têm histórico de viagem para fora do Estado, em locais que já confirmaram transmissão autóctone da doença. Desta forma, Pernambuco ainda não registra transmissão local da Monkeypox.

O primeiro caso confirmado foi importado, envolvendo um morador de São Paulo (1). Já as duas novas confirmações são de pessoas residentes nos municípios do Recife (1) e Jaboatão dos Guararapes (1). As faixas etárias dos casos confirmados são: 20 a 29 (3), todos do sexo masculino. Já os outros dois casos confirmados se infectaram em viagens para locais com circulação do vírus.

Os seis casos em investigação envolvem pessoas residentes dos municípios do Recife (3), Jaboatão dos Guararapes (1), Abreu e Lima (1), além do Rio de Janeiro (1). As faixas etárias são: 20 a 29 (2), 30 a 39 (1) e 40 a 49 (3), sendo 5 do sexo masculino e 1 do sexo feminino.

Dos nove casos notificados, oito estão em isolamento domiciliar e apenas um deles está internado em unidade hospitalar privada. Todos estão sendo acompanhados pelas equipes de vigilância epidemiológica municipais e as amostras coletadas estão sendo encaminhadas para o Laboratório de Enterovírus da Fiocruz/RJ, referência para o diagnóstico da Monkeypox, e para o Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE).