A pernambucana Carol Santiago garantiu mais uma medalha de ouro nas Paralimpíadas de Tóquio. Com recorde paralímpico nos 100m peito SB12, a atleta de Recife e radicada em Caruaru conquistou sua quinta medalha na competição.

Na disputa, Carol saiu à frente das outras nadadoras e finalizou a prova com uma marca histórica de 1 minuto, 14 segundos e 89 milésimos. Com o resultado, ela bateu o recorde mundial.

Carol finaliza sua participação na sua primeira paralimpíada, aos 36 anos de idade, com três medalhas de ouro, uma de prata e uma de bronze. A atleta volta para casa como a maior medalhista do Brasil em uma única paralimpíada.