Um homem de 30 anos foi atingido por parte de uma placa do muro do Metrô do Recife e precisou ser internado no Hospital da Restauração, no bairro do Derby, na região central da capital pernambucana (veja vídeo acima).

O acidente ocorreu cinco meses depois que a menina Kemilly Kethelyn Lino da Silva foi esmagada pela mesma estrutura, em outubro de 2021, durante uma festa de Dia das Crianças.

A vítima foi identificada como Marcos Roberto Bezerra da Silva. O acidente ocorreu na tarde da sexta-feira (11), na Avenida Central, na esquina com a Rua Nova Aurora, no bairro de São José. A região, que fica na Ilha de Joana Bezerra, é composta por comunidades humildes e tem o pior Índice de Desenvolvimento Humano da cidade.

De acordo com a assessoria de imprensa do Hospital da Restauração, a vítima deu entrada na unidade às 16h15 da sexta e teve alta na madrugada deste sábado (12). O homem chegou ao local consciente e orientado e passou por exames, incluindo uma tomografia.

De acordo com a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), responsável pelo sistema de metrô, imagens recebidas pela empresa registraram o momento em que o homem usava uma escada e estava em cima do muro do metrô. O material está sendo analisado por uma perícia.

Marcos Roberto Bezerra da Silva sofreu uma forte pancada na cabeça, mas a tomografia indicou que não havia perda de massa encefálica. Ele foi liberado após avaliação da equipe médica do HR, que é referência no atendimento traumatológico e neurológico.

“Uma viatura com a segurança da companhia deslocou-se para o local para maiores informações sobre o fato e para prestar auxílio ao envolvido, que foi socorrido por pessoas da comunidade ao HR. Uma equipe seguiu tb ao hospital para prestar auxílio”, afirmou a CBTU, por meio de nota.