Número de acidentes em Pernambuco sobem 7,5% após retirada de radares

41
Foto: (Reprodução/Por Dentro/TV Jornal Interior)

Em agosto deste ano as rodovias federais passaram a funcionar sem os radares após a determinação do presidente Jair Bolsonaro. Segundo o SOS Estradas, entre abril e setembro deste ano, 2.811 radares foram retirados pelo Governo Federal.

De acordo com o último levantamento realizado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), os números de acidentes entre abril e setembro nas estradas de Pernambuco subiram 7,5% em relação ao mesmo período do ano passado.

Há cerca de três meses um homem foi atropelado por um carro na BR 104 no Sítio Lajes, em Caruaru, no agreste de Pernambuco e perdeu as duas pernas. No local do acidente, funcionava uma lombada onde os motoristas teriam que reduzir a velocidade a 50km por hora. Ele afirma que teria esquecido que o radar teria sido desligado.

Segundo o especialista em trânsito Guilherme Araújo, os dados demonstram que, na maioria das vezes os condutores em excesso de velocidade provocam os acidentes. “Com a retirada das lombadas você termina fragilizando ou flexibilizando a fiscalização por velocidade, o que torna mais vulnerável os acidentes nas rodovias”, comentou.

Em nota, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), afirma que um consórcio foi firmado entre o Governo Federal e uma nova empresa para a instalação de 70 novos radares nas nove rodovias que cortam o Estado, incluindo a BR 232 e a 104. A nota ainda informa que o consórcio foi firmado após uma licitação realizada pelo DNIT. O projeto está em fase de aprovação, mas não há data para a instalação desses novos equipamentos.

Dados

Entre abril e setembro do ano de 2018, 1.106 acidentes foram registrados em Pernambuco, com um total de 1.100 feridos. Enquanto no mesmo período de 2019, 1.190 acidentes foram contabilizados, deixando 1.142 feridos. Além disso, as mortes no trânsito do Estado passaram de 112 para 127, um aumento 13%.

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do Facebook