Foto: Reprodução/WhatsApp

A menina Kemilly Kethelyn Lino da Silva, esmagada por uma placa de concreto do muro do metrô do Recife, teve alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e foi para a enfermaria pediátrica neste domingo (24). A informação foi repassada pela assessoria de imprensa do Hospital da Restauração, no Centro da capital pernambucana, onde a garota está internada.

O acidente aconteceu no dia 16 de outubro, durante uma festa promovida pela ONG Mão Amiga, para celebrar o Dia das Crianças, na comunidade do Papelão, no Coque, na área central do Recife, onde vive a família da garota de 8 anos.

A alta da UTI aconteceu por volta das 11h deste domingo (24) e o pai, Francisco Lino, foi para a unidade de saúde, enquanto a mãe organizava os outros dois filhos para poder ir ao hospital.

“Ela está bem melhor. Conversa tudo, fala tudo. Meu esposo foi ficar com ela [pela manhã] e fez uma chamada de vídeo. Estou muito feliz, mas vou ficar mais feliz ainda quando minha filha estiver em casa”, disse a mãe da menina, a dona de casa Caroline Pereira da Silva.

Kemilly respira sem a ajuda de aparelhos desde a quinta-feira (21), quando foi feito o procedimento de extubação. Neste domingo (24), o HR informou que a menina está consciente e o estado de saúde considerado estável, sem previsão de alta hospitalar.