Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

Uma médica foi presa na tarde desta sexta-feira (16), suspeita de ser a mandante do asssssinato do oficial de justiça Jorge Eduardo Lopes Borges, no início deste mês de setembro, no Recife. O homicídio aconteceu na Estrada do Arraial, no bairro da Tamarineira, na Zona Norte da capital pernambucana

Apesar de ainda não ter sido oficialmente identificada, a suspeita seria ex-esposa do servidor. Rumores indicam que os dois tiveram uma briga judicial após a separação.

Na noite desta sexta, a médica prestou depoimento no Departamento de Homicidios e Proteção a Pessoa (DHPP), no Cordeiro, Zona Oeste do Recife.

Em seguida, a mulher foi encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML) para fazer exame de corpo de delito, antes de ser levada para a Colônia Penal Feminina – antigo Bom Pastor -, onde cumprirá prisão preventiva.