Cesta básica de Caruaru registra aumento em setembro

36
Foto: (Agência Brasil)

A cesta básica de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, registrou uma alta de 1,02%; a primeira depois de quatro meses consecutivos em queda. O dado é de um levantamento mensal realizada por alunos de Ciências Contábeis e Gestão Financeira do Centro Universitário UniFavip|Wyden.

De acordo com a pesquisa, em setembro o valor da alimentação básica na cidade subiu de R$ 276,50 para R$ 281,96. Os itens que mais contribuíram para a alta nos preços da cesta básica foram o tomate, a carne e o café. Por outro lado, a banana, a margarina e o feijão sofreram redução.

No mês passado, os preços dos gêneros alimentícios subiram em 16 das 17 capitais onde o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) faz a pesquisa. A única capital em que o valor subiu foi em Recife, que teve uma diferença de R$ 85,20 a mais para a cesta básica de Caruaru. As baixas mais expressivas foram registradas em Fortaleza, Curitiba e Brasília.

A pesquisa revelou que uma família caruaruense deveria receber um salário mínimo de R$ 2.368,74 para adquirir gêneros alimentícios e outros itens básicos para garantir a sobrevivência digna do grupo familiar. Este valor é 2,37 vezes maior do que o salário mínimo atualmente em vigor (R$ 998). O trabalhador da cidade precisou desembolsar em média 30,71% da renda para despesas com alimentação.

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do Facebook