Agente de trânsito é detido em flagrante por adulterar placa do próprio carro com fita adesiva

58
Foto: Polícia Militar/Divulgação

Um agente de trânsito de Paulista, no Grande Recife, foi detido por adulterar a placa do próprio carro, usando fita adesiva. A Polícia Civil informou ter autuado em flagrante Marcos Antonio Rosa Borges por crime contra a fé pública e tentativa de estelionato.

O automóvel com a placa “fria” foi encontrado no pátio do estacionamento da Secretaria de Administração da prefeitura, segundo a Polícia Civil.

De acordo com a Polícia Militar, o dono do carro relatou aos policiais que teria falsificado a placa, pois estaria devendo muitas parcelas do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotivos (IPVA).

O caso ocorreu na terça-feira (13) e foi confirmado pela polícia nesta quinta (15). Segundo a corporação policiais militares foram acionados para a ocorrência, localizaram o dono veículo e levaram ele para a delegacia.

Encaminhado para audiência de custódia, na quarta-feira (14), Marcos Antônio recebeu liberdade provisória. Segundo o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), foi arbitrada uma fiança de R$ 3 mil. Caso o valor não seja pago em três dias, o benefício será revogado, de acordo com o tribunal.

Por meio de nota, a secretaria de Mobilidade e Transporte de Paulista informou que está aguardando a notificação oficial da Policia Civil.

A administração pública disse, ainda, que acompanha “o inquérito policial do caso de clonagem de placas do veículo Voyage, PFA9732, do guarda de trânsito Marcos Antônio Rosa Borges.”

Ainda segundo a prefeitura, é preciso esperar a chegada da notificação “para que sejam tomadas as providencias cabíveis, através de um inquérito administrativo, que pode resultar inclusive em exoneração”.

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do Facebook